APROVADOS NO PROITEC 2O11 EM CARNAÚBA DOS DANTAS

segunda-feira, 12 de março de 2012

Narrativa que prende
Um dos livros mais conhecidos em todo o mundo e vencedor do Nobel de Literatura, "Cem anos de solidão", do escritor Gabriel Garcia Marquez, ganhou uma versão digital para atrair um público leitor familiarizado com as novas tecnologias e que queiram se aventurar pela fascinante história das gerações "dos Buendia", personagens da obra.
O anúncio dessa versão digitaliza dessa importante obra se deu na semana em que o escritor completou seus 85 anos de vida. As mídias que noticiaram a data falaram do livro Cem Anos de solidão, mas fica claro que diversas obras do Garcia Marquez possuem a mesma qualidade da premiada obra "Cem Anos". Isso porque Marquez possui um estilo que imprime o seu modo de escrever e que está presente em todos os seus livros.
Sheila Maria Cândida pesquisou Marquez para o trabalho de conclusão do curso de Letras na Uern e continuou com as pesquisas na sua pós-graduação. Ela trabalhou especificamente com o livro "Crônica de uma morte anunciada" - (Os títulos das pesquisas foram 'Crônica de Uma Morte Anunciada: uma obra que se revela no tempo e na ação narrativa' e o da pós-graduação 'A Honra Feminina e a Narrativa Hispano-Americana: "um olhar sobre Crônica de Uma Morte Anunciada').
Ela explica que a sua principal característica nessa e em outras obras do escritor está na sua narrativa e a realidade:
"Todos nós estamos inseridos em uma estrutura narrativa, tendo em vista que a construção da nossa história depende inteiramente do quadro de história que já vimos, lemos e até ouvimos, ou seja, é a partir dessas vivências que construímos a nossa. Nas narrativas de ficção, os autores/narradores do texto utilizam-se de recursos disponíveis para estruturar o texto e consequentemente prender o leitor na leitura. Gabriel García Márquez faz isso muito bem em suas obras", ressalta Sheila.
A pesquisadora diz que a obra em questão (Crônica de Uma Morte Anunciada), na qual fundamentou seu trabalho, é considerada como sendo a mais realista de todas as obras do autor, pois além de se tratar de um crime, esse crime foi em defesa da honra.
"O romance fundamenta-se no tema de honra. O autor do texto gira em meio a esse tema e distribui na narração aspectos fundamentais como: tempo, espaço, personagens, narrador e ação narrativa. A distribuição desses aspectos é feita de forma gradual gerando com isso uma leitura atrativa no receptor. Em sua obra, Márquez utiliza-se dos elementos que constroem a narração. É através da forma como eles se apresentam no texto que a história da morte de Santiago Nasar ganha vida e significado", ressalta.
Além da obra que foi objeto de seu estudo, Sheila também leu "O Amor nos tempos do cólera" e "Memórias de Minhas Putas Tristes". "Em todas essas obras me encantou a maneira como o autor trabalha a imagem feminina, o Amor e a Honra".
Sheila agora já pensa em trabalhar o mesmo escritor e suas obras numa proposta de mestrado: "Esse autor me encantou e ainda me encanta.

O escritor
Gabriel Garcia Marquez nasceu no dia 6 de março de 1927 em Aracataca Colômbia. Foi criado por seus avós maternos, Doña Tranquilina Iguarán e o coronel Nicolás Ricardo Márquez Mejía.
Quando ele tinha oito anos, seu avô morreu, e ele se mudou para a casa de seus pais em Barranquilla, onde seu pai era proprietário de uma farmácia. Seu avô materno Nicolás Márquez, que era um veterano da Guerra dos Mil Dias, cujas histórias encantavam o menino, e sua avó materna Tranquilina Iguarán, exerceram forte influência nas histórias do autor. Um exemplo são os personagens de Cem Anos de Solidão.
Gabriel estudou em Barranquilla e no Liceu Nacional de Zipaquirá. Passou a juventude ouvindo contos das Mil e Uma Noites; sua adolescência foi marcada por livros, em especial A Metamorfose, de Franz Kafka. Ao ler a primeira frase do livro, "Quando certa manhã Gregor Samsa acordou de sonhos intranquilos, encontrou-se em sua cama metamorfoseado num inseto monstruoso", pensou "então eu posso fazer isso com as personagens? Criar situações impossíveis?".
Em 1948 vai para Cartagena das Índias, Colômbia, e começa seu trabalho como jornalista. Teve como seu primeiro trabalho o romance "La Hojarasca" publicado em 1955. Em 1961 publica "Ninguém escreve ao coronel". A obra Relato de um náufrago, muitas vezes é apontada como seu primeiro romance. O escritor colombiano possui obras de ficção e não-ficção, tais como Crônica de uma morte anunciada e El amor en los tiempos del cólera. Em 1967 publica Cem Anos de Solidão, livro que narra a história da família Buendía na cidade fictícia de Macondo, desde sua fundação até a sétima geração, exemplo único do estilo a partir do então denominado "Realismo Fantástico".
Suas novelas e histórias curtas - fusões entre a realidade e a fantasia - o levaram ao Nobel de Literatura em 1982. Em 2002 publicou sua autobiografia intitulada 'Viver para contar', logo após ter sido diagnosticado com um câncer linfático.

Retirado do Site: www.defato.com/domingo

FATO HISTÓRICO
PRIMEIRO SURDO A CONCLUIR CURSO DE GRADUAÇÃO É ALUNO DA UERN

O estudante do curso de Pedagogia da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), Wagner Alves da Silva Queiroz entra para a história da educação como o primeiro surdo a concluir o curso de graduação em uma Instituição de Ensino Superior (IES) pública no Rio Grande do Norte. Ele defendeu sua monografia na tarde desta quarta-feira (07), com o título "O estágio supervisionado: contribuições da experiência de um aluno surdo".
Tendo como orientadora a Professora Doutora Ana Lúcia Aguiar Lopes Leandro, Wagner Alves utilizou uma metodologia totalmente visual, através da Linguagem Brasileira de Sinais (LIBRAS) e leitura visual. Segundo a orientadora, em sua monografia, Wagner buscou retratar a contribuição de sua experiência durante o período do estágio que realizou como professor de LIBRAS.
O primeiro surdo a concluir um curso de graduação em uma universidade pública no Rio Grande do Norte afirmou, através de sua tradutora intérprete Sara Cristina Freires, que agora vai poder contribuir cada vez mais com a luta pelos direitos das pessoas surdas e que poderá ser um profissional em escolas para pessoas surdas. "Quero mostrar o surdo como uma pessoa humana", afirmou.
Wagner conta que recebeu o apoio do Departamento de Apoio à Inclusão da UERN (DAIN) desde o seu ingresso, no curso, há 4 anos. Segundo ele, no início do curso houve muita apreensão, já que não havia interprete tradutor, o que dificultava a sua interação com os professores e colegas. No entanto, períodos mais tarde, passou a contar com a intérprete e foi mais fácil aprender os conteúdos que foram passados em sua própria língua. "Ainda existem muitas batalhas a serem vencidas, mas quero que o meu caso sirva de exemplo para outras universidades e também para outros surdos, para que mais pessoas surdas possam vir também para a universidade", afirmou.
De acordo com a professora Socorro Severino, Chefe do DAIN, a UERN possui outros três alunos surdos, sendo um em Apodi, um em Caraúbas e um em Mossoró, além de outros dois com deficiência auditiva. O DAIN também atende dois cadeirantes, um em Mossoró e outro em Pau dos Ferros; um deficiente intelectual e vários deficientes psicossociais.
No PSV 2012, 44 candidatos afirmaram em suas inscrições que tinham alguma deficiência. Desses, nove não realizaram as provas.

por: AGECOM em 07/03/2012 16:34:20

terça-feira, 24 de janeiro de 2012

DEPRESSÃO
DAIN PROMOVE DEBATE SOBRE IMPACTO NO PROCESSO ENSINO-APRENDIZAGEM

O Departamento de Apoio à Inclusão(DAIN/PROEG) promoverá o IV debate cujo tema é: "Depressão: Impactos no Processo Ensino-Aprendizagem e Práticas Pedagógicas na Perspectiva da Educação Inclusiva". O conferencista será Dr. Terencio Barros, do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFRN).
O debate será realizado no dia 26 de janeiro de 2012, às 19h, no auditório da Faculdade de Filosofia e Ciências Sociais (FAFIC). Podem participar discentes, docentes e profissionais que trabalham e/ou tenham interesse pela temática.
As inscrições são gratuitas e serão realizadas no DAIN, a partir de 23 de janeiro de 2012, nos horários matutino, vespertino e noturno. As inscrições serão encerradas no momento do preenchimento das vagas.

por: Luziaria Firmino Machado Bezerra em 23/01/2012 14:11:23

Retirado:http://www.uern.br/administracao/agecom.asp?menu=noticia&notid=3807 

TIAGO DE MEDEIROS DANTAS 1º LUGAR EM SISTEMA DA INFORMAÇÃO/UFRN/CAICÓ 2012.1

Filho sei que essa VITÓRIA vai impulsionar outras buscas e abrir novos horizontes, sempre apontando para um futuro muito luminoso. Sempre acreditei que esse dia CHEGARIA!!!

Merecidamente VOCÊ conseguiu!!! e hoje os aplausos são todos para você! Parabéns!!!!A força de vontade e a persistência trouxeram VOCÊ a esse momento tão especial. Tenho convicção que essa conquista é o início de muitas outras...
O sucesso é daqueles que LUTAM, BATALHAM, UTILIZAM A PALAVRA MAIS IMPORTANTE DA LÍNGUA PORTUGUESA: QUERER como meta PRIMEIRA NA VIDA...como diz a PROFESSORA Inalva “Se eu quero... eu consigo”...
E você desejou esse momento todos os dias do ano que passou, você fez por merecer, e o seu querer foi um QUERER de manhã, de tarde, de noite e de madrugada.... rsrsrsrsr
O que você alcançou hoje é uma pequena parte do que você ainda pode conquistar!
Agradeço primeiramente a DEUS, ao seu PAI que esteve presente em todos os momentos, a sua família que sempre acreditou em você, aos mestres da Escola Francisca Neuza, lugar primeiro da sua formação, a Escola Clívia Marinho Lopes, o Instituto Municipal João Cândido Filho, o João Henrique Dantas, o IFRN, instituição que oferece um ensino por EXCELÊNCIA, que mesmo não tendo como meta a aprovação nos vestibulares da vida, “arranca” os primeiros lugares nos melhores cursos da UFRN e outras Universidades do país. Sua missão enquanto instituição profissionalizante é preparar para vida e para o trabalho, promovendo com sabedoria um ensino propedêutico de qualidade... isso sem dúvida você teve e tem no IFRN Campus Currais Novos. Agradeço também aos discentes do Cursinho Nicolau Neto em Parelhas... e a todos aqueles que sempre ACREDITARAM EM VOCÊ!!!
Parabenizo também todos os FERAS carnaubenses que conquistaram o PÓDIO e marcaram nas páginas da história a aprovação no vestibular 2012.1 da UFRN nos cursos de Medicina, Serviço Social, Letras, Engenharia, Pedagogia, Matemática, Biololgia, Sistema da Informação, Geografia, Administração e outros... SUCESSO PARA TODOS!!!

Ti essa é pra você!!!!
E como diria William Shakespeare..."Não é que você seja DIFERENTE, mas é que ninguém consegue ser igual a você."


AMO MUITO!!!
FATOCA

Pesquisar este blog

Síntese do Projeto de Parceria IFRN Campus Currais Novos com o município de Carnaúba dos Dantas

Aula inaugural do Projeto de parceria IF Campus Currais e o município de Carnaúba dos Dantas

VEJA O BLOG DO TOTINHA