APROVADOS NO PROITEC 2O11 EM CARNAÚBA DOS DANTAS

terça-feira, 29 de junho de 2010

Solstício de Inverno








No dia 19 de junho deste, na beira do Rio Carnaúba, foi comemorado com antecipação o solstício de inverno. A iniciativa vem sendo cultivada pelo Profº Luis Carlos Jafelice e sua equipe, que de longa data desenvolvem projetos de extensão e pesquisa em Carnaúba dos Dantas.

Solstício de inverno

A palavra solstício vem do latim sol (Sol), e sistere (que não se move).

O solstício de inverno ocorre quando o sol atinge a maior distância angular em relação ao plano que passa pela linha do equador. Embora sua data não seja a mesma em todos os anos, pode-se dizer que no hemisfério Sul ocorre no entorno do dia 21 de junho, e no hemisfério Norte no entorno do dia 22 de dezembro.

Esse momento não é fixo no calendário gregoriano em função do ano tropical da terra não ser um múltiplo exato de dias.

Importância cultural e religiosa

Esta data tinha grande importância para diversas culturas antigas que geralmente realizavam celebrações e festivais ligados às suas religiões.

Chineses

No calendário chinês, o solstício de Inverno chama-se dong zhi (chegada do Inverno) e é considerado uma data de importância extrema, visto ser aí festejada a passagem de ano.

Europa pré-cristã

Os povos da Europa pré-cristã, chamados pelos católicos de pagãos, tinham grande ligação com esta data.

Segundo alguns, monumentos como Stonehenge eram construídos de forma a estarem orientados para o por do sol do solstício de inverno e nascer do do sol no solstício de verão.

Roma antiga

Entre os romanos os festivais eram muito populares. O período marcava a Saturnália, em homenagem ao deus Saturno. O deus persa Mitra, também cultuado por muitos romanos, teria nascido durante o solstício. Divindades ligadas ao Sol em geral eram celebradas no solstício também.

Com a introdução do cristianismo no Império Romano houve, por parte da Igreja Católica, uma tentativa de cristianizar os festivais "pagãos". Há indícios de que a data de 25 de dezembro foi escolhida para representar o nascimento de Cristo já no século IV. Há evidência bíblica de que Jesus não teria nascido durante o inverno, pois, no momento do nascimento, pastores estavam cuidando de seus rebanhos nas vigílias da noite, e o período do solstício, visto como o renascimento do Sol, carrega forte representatividade. Além disso, conseguiu aproveitar a popularidade das festividades da época.

Neopaganismo

Hoje esta data é revivida na celebração do Sabbat Neopagão Yule. Que revive algumas antigas tradições religiosas dos povos europeus pré-cristãos.

Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Solst%C3%ADcio_de_Inverno

segunda-feira, 28 de junho de 2010

ARRAIÁ DA ESCOLA MARIA DO SOCORRO FARIAS DE MACEDO






p










No dia 22 de junho de 2010 foi realizado no pátio da Escola Maria do Socorro Farias de Macedo o 2º ArraiÁ da Sementinha. O evento contou com a participação das crianças do Ensino Infantil, 1º ano do Fundamental e todos os funcionários, pais e comunidade escolar de Picui/PB. Na programação foram apresentadas quadrilhas, danças juninas e desfiles, como também muitas comidas típicas e forró.
Fonte: Fátima Lopes

ARRAIÁ DO INSTITUTO MUNICIPAL JOÃO CÂNDIDOO FILHO



























Os festejos juninos incorporam o calendário das escolas municipais, estaduais e particulares do município de Carnaúba dos Dantas. Até o dia 25 de junho, pais, alunos e toda a comunidade escolar estarão comemorando a chegada de mais um ciclo junino, adaptando os costumes tradicionais dessa época aos trabalhos pedagógicos desenvolvidos nas unidades escolares.

A valorização da cultura carnaubense e do nordeste brasileiro, foi apresentada na noite do dia 24 de junho no Instituto Municipal João Cândido Filho, onde na oportunidade foram apresentadas as quadrilhas matuta (Mulekagem) e estilizada (Filhos de Picui), o concurso da rainha do milho, o segundo ano do concurso de sanfoneiro, brincadeiras, barracas e sorteio de balaio, iniciativas que estimulam sem dúvida nenhuma o resgate e o fortalecimento das tradições, saberes e fazeres do povo da Terrinha, promovendo acima de tudo a interação entre membros da comunidade escolar e favorecendo também a elevação da auto-estima das crianças e jovens que gostam de participar dos eventos escolares .



Texto: Fátima Lopes
Imagens: Fátima Lopes e Gorete Dantas

segunda-feira, 7 de junho de 2010

I Festival Maestro Felinto Lúcio

S6301171

Maestro Márcio e Maestro Camilo

Nós dias 05 e 06 de junho foi realizado na cidade de Santa Cruz – RN o primeiro Festival de Filarmônicas em homenagem ao saudoso Maestro Felinto Lúcio Dantas. O evento teve as participações das filarmônicas do nosso estado, entre elas as filarmônicas das cidades do Acari, Carnaúba dos Dantas, Cruzeta, São Pedro do Potengi, Serra Negra, Monte Alegre, São Tomé, Santa Cruz e da belíssima banda da Policia Militar do RN.

Esteve presente no evento, a jovem Anna Jacinta, neta de Felinto Lúcio Dantas, e que também já contribuiu no cenário musical da nossa filarmônica.

O evento culminou com união dos músicos ali presentes, apresentação feita em frente ao Teatro "Candinha Bezerra" em Santa Cruz/RN, sob a regência do Maestro Márcio Dantas. O dobrado escolhido foi “Recordando Felinto Lúcio” composto pelo regente ora mencionado .

Parabenizamos a iniciativa do Maestro Camilo Henrique Dantas da cidade de Santa Cruz e aos seus músicos. O projeto que foi apoiado pelo Programa BNB cultural 2010 (Banco do Nordeste). Iniciativa como essa expressam favorecem a cultura do Rio Grande do Norte e acima de tudo estimulam os artistas.

S6301155

S6301090

Fonte: Fabiano Araújo.

Imagens: Fátima Lopes

Pesquisar este blog

Síntese do Projeto de Parceria IFRN Campus Currais Novos com o município de Carnaúba dos Dantas

Aula inaugural do Projeto de parceria IF Campus Currais e o município de Carnaúba dos Dantas

VEJA O BLOG DO TOTINHA